Cartão de crédito consignado: como funciona?

Recorrer a um dinheiro extra junto aos bancos é uma das principais características da vida financeira dos brasileiros.

Grande parte opta pelo empréstimo pessoal como único meio possível de resolver sua urgências com dinheiro.

Outra parte, aposta no recurso como forma de dar o primeiro passo em um investimento que lhe trará frutos, como abrir um negócio próprio. Entre outros motivos.

Com isso, os bancos foram se adequando ao longo do tempo para identificar o perfil desses consumidores e atendê-los com ofertas de crédito que estivessem de acordo com cada necessidade de cada um.

Aqui no blog, sempre trazemos conteúdos sobre este tema que é tão presente em nossas vidas mas que ainda geram muitas dúvidaas na cabeça das pessoas.

No artigo de hoje falaremos sobre um dos recursos de crédito mais utilizados: o cartão de crédito consignado.

Boa leitura!

O que é cartão de crédito consignado?

O cartão de crédito consignado possui características semelhantes ao cartão de crédito convencional, como: limite de crédito, parcelamento de gastos em compras feitas em estabelecimentos ou pela internet, opção de saque e cobrança através de fatura mensal.

Porém, existe uma diferença importante entre eles: a forma de pagamento do cartão e os juros, dos quais falaremos na sequência.

Como é feita a cobrança do cartão de crédito consignado?

A forma de pagamento e os juros do cartão de crédito consignado são as principais diferenças em relação ao cartão de crédito convencional.

A regra chamada margem consignável que, em resumo, determina que apenas 35% da renda do tomador pode ser comprometida com o desconto de um empréstimo, sendo 5% destinados exclusivamente para o serviço do cartão de crédito consignado.

No cartão de crédito consignado, 5% do valor da margem consignável será descontado do salário ou benefício do tomador e destinado ao pagamento do valor mínimo da fatura. O saldo restante da fatura virá com a dedução dos 5% e poderá ser pago normalmente, via boleto.

Em caso atraso no pagamento da fatura correspondente ao saldo restante, no mês posterior o valor virá reajustado com a multa e os juros.

Quem pode solicitar o cartão de crédito consignado?

Como falamos acima, parte do pagamento dos gastos com o cartão de crédito consignado ocorre da mesma forma que o empréstimo consignado: com desconto em folha de pagamento.

Para isso, o tomador deve ser a pessoa física assalariada (de empresa privada ou no funcionalismo público) ou que receba benefício do INSS, como é o caso dos aposentados e pensionistas.

No caso de assalariados de empresa privada, a pessoa interessada em utilizar o serviço do cartão de crédito ou até mesmo do empréstimo consignado, deve procurar o RH de sua empresa e verificar qual a instituição financeira parceira.

Leia também: Como usar o FGTS como garantia para o empréstimo consignado?

Quais os documento necessários para solicitar o cartão de crédito consignado?

  • Documento de identificação com foto
  • Comprovante de residência não superior a 90 dia (contas de água ou luz, por exemplo)
  • Comprovação de renda fixa não superior a 90 dias (holerites, extratos do benefício do INSS)
  • Também são aceitos extratos bancários não superior a 90 dias

Os documentos devem estar legíveis e com todas as informações compatíveis com o solicitante, isso faz toda a diferença para a agilidade da contratação de um cartão de crédito consignado.

Juros:cartão de crédito convencional x cartão de crédito consignado

A diferença de juros entre essas duas modalidades de crédito é grande e o que faz o consignado ser mais barato é o baixíssimo risco de inadimplência que proporciona aos bancos e instituições financeiras.

No site do Banco Central você consegue consultar as taxas de crédito entre as diferentes modalidades e bancos.

Mas lembre-se:

Mesmo os juros do consignado sendo mais atrativo é preciso ter responsabilidade e organização quando for utilizar um empréstimo!

Leia também: Empréstimo consignado para negativado: Posso fazer?

Empréstimo consignado x no cartão de crédito consignado

A diferença entre esses dois recursos está na quantia disponibilizada bem como no desconto para pagamento da parcela

No empréstimo consignado a quantia disponibilizada pode ser maior, bem como as parcelas sofreram um desconto de 30% sobre o valor da renda.

No cartão de crédito consignado, parte do limite concedido, 5%, já estará comprometido para o pagamento do que for utilizado.

É possível solicitá-los ao mesmo tempo?

Sim, desde que o comprometimento total da renda obedeça aos 35% de margem consignável, conforme explicado neste artigo.

Você é empregado doméstico e não consegue ter acesso ao crédito consignado?

Em conformidade com a PEC das Domésticas, empregados domésticos que possuem registro em carteira e renda fixa comprovada são considerados profissionais do setor privado e estariam, portanto, aptos a solicitarem o crédito consignado.

Mesmo com a capacidade de comprovação de renda, essa não é a realidade dos empregados domésticos no Brasil quando se trata do empréstimo consignado (incluindo o cartão de crédito da modalidade), uma vez que estes não são vistos por bancos e instituições financeiras como clientes em potencial.

Conte com uma empresa especialista em crédito para empregados domésticos!

Para mudar essa história, a Simplypag tem como objetivo olhar para a categoria dos domésticos no que diz respeito à necessidade de acesso a um recurso emergencial como é o empréstimo.

Por isso, se você é empregado doméstico, trabalha registrado, possui um holerite mensal que comprove sua renda e precisa o quanto antes de um dinheiro extra, o crédito da Simplypag é pra você!

De forma simples, segura e gratuita você consegue ter acesso ao crédito conosco, veja como:

Clique aqui e comece fazendo uma simulação, sem compromisso, para conhecer as opções de valores e parcelas.

Em seguida, converse com o seu empregador e peça para que ele acesse o nosso site e conheça as condições para você solicitar o crédito especial para empregados domésticos da Simplypag.

Nosso especialistas estão esperando por você!

Até a próxima!

Deixe um comentário