Quanto tempo demora para o financiamento ser aprovado?

O financiamento é uma modalidade de compra para quem não dispõe do dinheiro para pagamento à vista e é preciso, antes de contratá-lo, observar alguns pontos fundamentais, como: credibilidade da empresa que está comercializando o bem (casa ou veículo, por exemplo), tempo de quitação, valor de entrada, comprometimento da renda, entre outros.

Além disso, o financiamento exige aprovação do banco ou instituição financeira para quem deseja contratá-lo e é justamente sobre isso que falaremos neste artigo.

Continue lendo e tire suas dúvidas.

Boa leitura!

O que é financiamento?

financiamento é a liberação de crédito por meio de um banco ou instituição financeira para a aquisição de um bem, seja ele uma casa, apartamento, terreno ou um veículos, como moto ou carro, por exemplo.

Ou seja, o banco libera a quantia solicitada em troca de um pagamento com juros, que é parcelado de acordo com as condições contratadas. Nas prestações entram outras cobranças, como tarifas da instituição financeira e impostos, a soma dessas despesas leva o nome de Custo Efetivo Total (CET).

Quais tipos de financiamento existentes?

São três os tipos de financiamentos praticados no mercado: Crédito Direto ao Consumidor (CDC), Leasing e o Consórcio. Vamos a eles:

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

No Crédito Direto ao Consumidor o comprador pode utilizar o bem enquanto honra com as parcelas, porém, este estará alienado ao banco até sua quitação, ou seja, a propriedade do bem será do banco durante este período.

Essa prática é chamada de alienação fiduciária ou alienação em garantia e serve justamente para garantir ao credor o recebimento do valor concedido e, caso o comprador não pague, o bem é tomado.

Nesta modalidade de financiamento, o juros são menores quando comparados a empréstimos no cartão de crédito ou cheque especial e variam de acordo com cada banco ou instituição financeira.

Leasing

Em português leasing significa “locação” e no financiamento ele é chamado de leasing financeiro e funciona da seguinte forma: o banco ou instituição financeira faz um contrato de locação do bem durante o período de pagamento das parcelas até que estas sejam quitadas, ou seja, assim como no CDC, no leasing o futuro comprador tem a posse do bem mas este fica sob propriedade do banco no período mencionado.

Consórcio

O consórcio de veículo funciona como uma compra coletiva, onde um grupo de pessoas que deseja adquirir um determinado tipo de bem de alto valor faz uma espécie de poupança.

Essa poupança é administrada por uma empresa, que pode ser um banco, uma administradora especializada e até a própria concessionária, no caso de consórcio de veículos, por exemplo.

Então os chamados consorciados fazem pagamentos mensais para a empresa responsável e esta fica responsável pela administração do dinheiro e de todos os processos relacionados ao consórcio.

Porém, diferente do CDC e do leasing, no consórcio o consumidor só terá acesso ao bem quando for contemplado com a carta de crédito, que ocorre por meio de sorteios ou lances.

Leia também:

Quanto tempo leva para o financiamento ser aprovado?

O tempo de espera para ter o financiamento aprovado dependerá de fatores como:

  • Envio de documentos errados;
  • Demora na liberação do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), para financiamento de imóvel;
  • Falha na entrega da declaração do Imposto de Renda;
  • Dívida vinculada ao CPF.
  • Alta procura por financiamentos, fator que eleva a demanda de trabalho dos funcionários do banco ou instituição

No caso de financiamentos imobiliários, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), o tempo médio que os bancos levam para liberar o financiamento de um imóvel é de 40 dias.

Leia também: Como funciona o financiamento de um terreno?

Já o financiamento de veículos, quando intermediado pela própria concessionária, o tempo de resposta pode demorar poucas horas depois de enviados os documentos, pois as informações do cliente, bem como do veículo, são inseridas em um sistema que acusa a aprovação ou reprovação.

Quando feito nos bancos, o tempo de resposta do financiamento de veículo pode ser um pouco mais longo, pois o processo dependerá da análise de uma equipe especializada, fator que prolonga um pouco mais a espera.

Financiamento vale a pena?

Para entendermos se optar por um financiamento vale a pena ou não, é preciso avaliar a urgência em adquirir este bem.

Antes de se comprometer com um financiamento, é muito importante mapear todas as suas despesas para conciliá-las com as parcelas e, se você não tem tanta pressa assim em adquirir o carro, uma boa dica é poupar dinheiro, começando pelas despesas fixas como água, energia e supermercado, por exemplo, e efetuar a compra à vista.

Mas, se você tem pressa em adquirir o bem, o financiamento pode ser vantajoso pois permite que você tenha acesso a ele antes mesmo de quitá-lo. E para suavizar as parcelas, obter um bom valor de entrada encurtará o tempo em que você ficará comprometido com esta despesa.

Para isso, fazer um empréstimo pessoal é a forma mais rápida de adquirir este valor de entrada –se você é empregado doméstico continue lendo para conhecer a solução exclusiva que temos para você!

Quer financiar? A Simplypag te ajuda com o valor de entrada!

Falamos aqui que ter um bom valor de entrada para oferecer é um ponto positivo para que os bancos aprovem e concedam o financiamento para você.

Pois bem, se você é empregado doméstico e sonha em conquistar o seu bem, seja ele um carro ou um imóvel, porém não possui o valor necessário para dar de entrada, a Simplypag está aqui para ajudá-lo

Ou se seu financiamento foi reprovado por ter dívidas em aberto, você pode utilizar o empréstimo da Simplypag para quitá-las e, dessa forma, tirar o seu CPF dos órgãos de proteção ao crédito, afinal, estar negativado não é um impeditivo para ter acesso ao empréstimo Simplypag.

Somos uma empresa especialista na concessão de crédito para empregados domésticos que trabalham com carteira assinada e aqui você tem acesso ao crédito com juros baixos e parcelas que não pesam no seu bolso.

Para saber os valores e parcelas disponíveis, clique aqui e faça uma simulação!

Até a próxima!

Deixe um comentário